O que significa KPI? Entenda porque é importante acompanhar os indicadores-chave de desempenho

A sigla KPI significa Key Performance Indicator, que em português quer dizer: Indicador-Chave de Desempenho. Esses indicadores são usados para mensurar e acompanhar os progressos de uma empresa. Quer saber mais? Fique conosco e leia esse texto até o final!

Com tantas novidades surgindo no cenário do Marketing Digital é essencial preparar a sua empresa para conquistar e fidelizar os clientes. E para se destacar é necessário acompanhar tudo de perto para fazer os ajustes necessários. Por isso, é fundamental compreender o que significa KPI e como ela é importante para os seus negócios. 

E se você ainda não pratica a análise de resultados por meio de indicadores, é bom se atentar! Muitos gaps podem estar passando despercebidos e comprometendo o sucesso do seu negócio.

Quando uma organização trabalha com a captação e análise de dados, dizemos que ela possui uma cultura data driven (traduzindo, orientação por dados). Ou seja, ela faz a coleta de diferentes informações e os armazena para utilizar em situações estratégicas e na tomada de decisões.

Esses dados são adquiridos sempre que um usuário acessa um site, lê um texto na internet, clica em um link, realiza uma compra etc. São infinitas possibilidades. Através deles as marcas conseguem compreender melhor os hábitos do seu público e traçar novas metas.

Neste post vamos explicar o que é KPI, como usá-la em seu dia a dia e te ensinar a potencializar ainda mais os resultados da sua empresa. Confira o texto na íntegra!

Neste artigo você vai aprender:

O que significa KPI e qual o seu objetivo?

“O que pode ser medido, pode ser melhorado.” Essa famosa citação é de autoria do austríaco Peter Ferdinand Drucker, escritor, professor, consultor e considerado – até hoje – o pai da administração moderna. E essa frase resume bem a importância das KPIs.

A sigla KPI é um acrônimo da expressão em inglês Key Performance Indicator, que, traduzido para o português, significa Indicador-Chave de Desempenho

Esses indicadores são usados para mensurar e acompanhar o desempenho dos processos de uma empresa, departamentos e até mesmo dos funcionários. Através dessas informações é possível constatar se a organização está alcançando seus objetivos ou não.

Frequentemente, as KPIs são coletadas e distribuídas para os principais interessados, usando softwares e planilhas que ajudam na compreensão desses dados. 

Não importa o que seja medido, o objetivo de qualquer KPI é trazer melhorias. Quando bem relacionadas aos propósitos da companhia, ela poderá apontar inclusive onde há falhas de execução ou abordagem.

KPI e métrica são a mesma coisa?

Por suas próprias naturezas parecidas é normal que muitas pessoas confundam as KPIs com as métricas. Mas, apesar de recorrente, esta confusão não tem nada de verdade, afinal, KPI e métrica não são a mesma coisa

Apesar de estarem intimamente ligadas, e fazerem parte de uma mesma estrutura, saber a diferença entre elas garante uma apuração mais assertiva sobre os resultados obtidos.

Primeiramente: não é porque algo pode ser mensurado que automaticamente se torna uma KPI. Por exemplo, podemos medir o número de pessoas que curtiram uma foto nas redes sociais, o número de vendas realizadas no dia, no mês, no ano etc. Mas, essas informações isoladas não acrescentam em nada, não direcionam e nem mostram se há evolução ou retrocesso.

KPIs e métrica: a diferença básica

As métricas são medidas que servem de base para estabelecer um indicador. Elas costumam ser associadas ao comportamento do usuário e não possuem uma meta de conversão definida, ou seja, a conclusão do objetivo traçado.

as KPIs são indicadores criados a partir das métricas e têm o objetivo de mostrarem o alcance de determinado resultado. Além de avaliar a performance organizacional, elas são úteis para analisar tendências do usuário.

Resumindo: métricas são informações e KPIs são resultados!

Analise o exemplo abaixo:

Imagine que o seu e-commerce recebeu um total de mil visitas no mês passado e, no mesmo período, 50 pessoas compraram algum produto do seu site.

Apenas com esses números fica difícil tomar decisões estratégicas, certo? Mas, e se utilizarmos esses dados para criar uma KPI? 

Sendo assim, podemos dizer que no mês passado a taxa de conversão da sua loja virtual foi de 5%. Bem melhor, né?

Esse exemplo nos mostra claramente que: 

  1. Os dois primeiros números (mil e 50) são métricas, pois nos dão informações sobre o comportamento do usuário no site.
  2. A última informação (5%) nos dá uma visão um pouco mais ampliada sobre o negócio em si e as metas estabelecidas. Portanto é um KPI que foi concebido baseado nas métricas, ao dividirmos a quantidade de conversões pela quantidade de visitantes.

Leia mais: Landing Page: o que é e como aumentar a conversão? – Case de Sucesso

Como inserir as KPIs na sua empresa?

Com muita frequência, as organizações adotam algumas KPIs e depois se perguntam por que elas não afetam seus negócios nem geram impactos positivos.

Um dos aspectos mais importantes, e esquecido, das KPIs é que elas são uma forma de se comunicar. Sendo assim, elas seguem as mesmas regras de qualquer outra forma de comunicação. Lembre-se que informações sucintas, claras e relevantes têm mais probabilidade de serem absorvidas e aplicadas.

Ao inserir essa metodologia em sua empresa, o melhor é que você e sua equipe comecem do básico. Quais são os objetivos organizacionais? Como vocês planejam alcançá-los? Como tomar decisões com base nessas informações?

Esse processo deve ser interativo, com feedbacks de analistas, gestores de departamento, gerentes e colaboradores. À medida que essa missão de descoberta de fatos se desdobra, você obterá um melhor entendimento de quais processos de negócios precisam ser medidos com um painel de KPI e com quem essas informações devem ser compartilhadas.

Como definir uma KPI?

o que significa kpi gif nazaré cálculos

Sabemos que definir e analisar os indicadores-chave de desempenho pode ser algo complicado no começo. A gente fica que nem a Nazaré fazendo as contas, sem entender nada (principalmente a galera de humanas, rs). Mas, fique tranquilo(a) que estamos aqui para te ajudar nessa importante missão! 

Antes de sair “escolhendo” KPIs por aí, é importante entender alguns pontos básicos. Ao estipular uma KPI, é necessário considerar como ela se relaciona a uma meta ou resultado específico. As KPIs precisam ser personalizadas para o seu negócio e devem ser desenvolvidas para ajudá-lo a alcançar seus objetivos. 

Uma maneira de avaliar a relevância de uma KPI é usar os critérios da metodologia SMART: Specific, Measurable, Attainable, Relevant e Time-bound. Na tradução para o português seria o mesmo que: específico, mensurável, atingível, relevante e temporizável. Ou seja, ao definir um indicador-chave de desempenho você deve avaliar se:

  1. Seu objetivo é específico ?
  2. Você pode medir o progresso em direção a essa meta?
  3. A meta é realmente atingível ?
  4. Quão relevante é a meta para sua organização?
  5. Qual é o prazo para atingir esse objetivo?

o que significa kpi metodologia smart

Por exemplo, imagine que você tem uma livraria online e deseja aumentar as vendas de livros neste ano.Você vai chamar essa KPI de “KPI de vendas de livros” . Veja como poderia ser feito: 

(S) Específico: aumentar as vendas de livros em 15%;

(M) Mensurável: o progresso será medido com o aumento no número de livros vendidos e receita resultante;

(A) Atingível: direcionar tráfego por meio de um blog para e-commerce, com foco em temas relacionados ao seu nicho de mercado;

(R) Relevante: atingir essa meta permitirá que você contrate um novo funcionário;

(T) Temporizável: durante 12 meses, de 01 de janeiro a 31 de dezembro.

Os 4 principais tipos de KPIs

o que significa kpi íconesExistem diversos tipos de indicadores de desempenho de processos, cada qual com uma finalidade diferente para cada circunstância. E com tantas possibilidades de análise, é essencial que a sua companhia tenha clareza sobre quais são os fundamentais (ou chaves) para o seu negócio. Seguem, abaixo, os 4 principais tipos de KPI’s:

Indicadores de produtividade

Estão ligados à gestão do negócio e têm o objetivo de avaliar o rendimento e a eficiência dos processos. Basicamente, servem para verificar a quantidade de recursos que a empresa utiliza para gerar um determinado produto ou serviço.

Indicadores de qualidade

São avaliados paralelamente com os indicadores de produtividade, pois auxiliam na análise de qualquer imprevisto ou erro ocorrido durante um processo produtivo.

Indicadores de capacidade

Todo processo tem um limite, em função do tempo. Assim, existe uma quantidade máxima de entregas que poderá ser realizada em um determinado período. Aliados aos indicadores de produtividade e qualidade, eles demonstram a competitividade da organização.

Indicadores estratégicos

Esses indicadores mostram como o empreendimento se encontra em relação às metas definidas. Através deles é possível fazer um comparativo entre o cenário atual da companhia e o esperado, além de ajudar a compreender as etapas dos processos.

Quer ter melhores resultados? Conte com a ajuda de um profissional!

QUERO UMA CONSULTORIA GRATUITA

As 3 categorias básicas de KPIs

Basicamente as KPIs são divididas em 3 categorias: primária, secundária e prática (ou terciária). Abaixo, segue uma descrição detalhada de cada uma delas.

1) KPIs primárias:

Essas KPIs estão na “linha de frente” e são utilizadas para mensurar os resultados diretos. Ou seja, indicam se os objetivos estabelecidos estão sendo cumpridos e se tudo está caminhando conforme o esperado. 

Em uma estratégia de inbound marketing podemos citar, por exemplo a análise de:

  • Leads;
  • Tráfego;
  • Custo de aquisição por lead;
  • Taxa de conversão;
  • Receita total;
  • Receita por compra.

2) KPIs secundárias:

As KPIs secundárias são utilizadas para justificar as primárias. Elas mostram como aqueles resultados foram atingidos. Alguns indicadores-chave de performance secundários para acompanhar são:

  • Custo por lead em cada estágio do funil;
  • Assinantes da newsletter;
  • Assinantes do blog;
  • Visitas recorrentes no blog;
  • Custo por visitante;
  • Origem do tráfego (orgânico, pago, redes sociais, direto, e-mail e outros);
  • Ticket médio de cada transação.

3) KPIs práticas (terciárias)

Por último, e não menos importante, temos as KPIs práticas, cuja função é justamente explicar motivos que levaram aos resultados apontados pelas KPIs primárias e secundárias. 

A partir delas são analisados os números mais básicos, brutos e visíveis, tais como: número de visualizações em posts e vídeos, alcance total de cada publicação, páginas mais visitadas, palavras-chave mais buscadas pelo usuário para se referir à empresa etc.

Quem trabalha com marketing digital sabe que é necessário gerenciar com frequência esses dados, realizar testes e acompanhar de perto o comportamento dos usuários.

Segue uma listinha de alguns desses itens para você verificar:

  • Pageviews;
  • Páginas/visita;
  • Bounce rate;
  • Melhores landing pages;
  • Page rank;
  • Palavras-chave mais pesquisadas (de acordo com seu negócio);
  • Conteúdos mais lidos/visitados;
  • Tráfego;
  • Visitantes (novos X recorrentes);
  • Interações sociais.

A maioria desses dados podem ser adquiridos através de várias plataformas. Duas ferramentas que usamos constantemente aqui na Mango é o Google Analytics e o Google Search Console

Com esses sistemas é possível medir por completo a audiência de suas páginas, através da instalação de um código no seu site. E o melhor: é completamente grátis!

Utilize uma biblioteca de KPIs

Sabemos que todo esse conteúdo é complicadinho mesmo e é difícil assimilar logo de início, mas uma ferramenta muito útil e que pode te ajudar é a Biblioteca de Indicadores.

Nessa plataforma é possível encontrar indicadores classificados em diversas áreas de interesse e mercados variados. Basta utilizar a busca por palavras-chave.

Essa é mais uma opção que pode ser usada gratuitamente. Basta realizar um cadastro e logo em seguida acessar a busca completa de KPIs, artigos e pesquisas de benchmarks – o que já é ótimo para quem está começando ou, simplesmente, buscando inspiração. o que significa kpi biblioteca de kpi biblioteca de indicadores

Conclusão

Com esse texto você aprendeu o que significa KPI, como elas são importantes para garantir o sucesso da sua empresa e de que forma é possível inserir esse método no ambiente de trabalho. 

Esperamos que esse conteúdo tenha te ajudar a buscar melhorias em seu negócio e ao garantir a precisão de dados, tomar as decisões corretas.

E se você quiser saber mais sobre Inbound Marketing e como potencializar suas vendas na internet, saiba que temos um e-book completo falando sobre isso.

Clique no link abaixo a faça o download grátis deste material 👇👇!banner e-book inbound marketing agência mango

Gostou dessas informações? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe esse texto em suas redes sociais!

Leia mais: O que significa CTA? Um guia prático para você aplicar essa técnica em seu e-commerce

O que significa KPI?

KPI é um acrônimo da expressão em inglês Key Performance Indicator, que, traduzido para o português, significa Indicador-Chave de Desempenho.

O que é uma empresa data driven?

Uma empresa data driven é aquela que possui uma cultura baseada em dados estatísticos. Ou seja, ela faz a coleta de diferentes informações e os armazena para utilizar em situações estratégicas e na tomada de decisões.

Qual objetivo das KPIs?

O objetivo de qualquer KPI é trazer melhorias. Com esses indicadores é possível mensurar e acompanhar se a empresa está alcançando seus objetivos ou não.

KPI e métrica são a mesma coisa?

Não, KPI e métrica não são a mesma coisa. As métricas são medidas que servem de base para estabelecer um indicador. As KPIs são indicadores criados a partir das métricas e têm o objetivo de mostrarem o alcance de determinado resultado. Resumindo: métricas são informações e KPIs são resultados!

O que é uma KPI SMART?

Uma KPI SMART deve ser: Specific, Measurable, Attainable, Relevant e Time-bound. Na tradução para o português seria o mesmo que: específico, mensurável, atingível, relevante e temporizável.

Quais são os 4 principais tipos de KPIs?

Os 4 principais tipos de KPIs são os: indicadores de produtividade, indicadores de qualidade, indicadores de capacidade, indicadores estratégicos

Quais são as 3 categorias básicas de KPIs?

As 3 categorias básicas são: KPIs primárias; KPIs secundárias e KPIs práticas ou terciárias



Artigos Relacionados




Deixar um comentário