O que é Marketing Digital e qual a importância para o seu e-commerce

Marketing Digital é o conjunto de ações que visa divulgar um negócio no meio online com o uso das redes sociais, vídeos, blogs, e-mail marketing, entre outros. Para e-commerces, a estratégia se tornou fundamental por ajudar a fortalecer as marcas, alcançar mais pessoas, melhorar o engajamento, reconhecer as falhas e mensurar os resultados. 

 

Precisamos começar este texto te falando que o marketing digital é essencial para o sucesso de um e-commerce.

Você pode até pensar que é um exagero, mas temos bons motivos que te farão entender, de uma vez por todas, que as estratégias digitais devem fazer parte do seu negócio online.

Claro, se o seu objetivo é atingir mais pessoas e alavancar as vendas.

Para você ter uma noção, em 2018, segundo o 39º Webshoppers da Ebit, empresa que mede a reputação de lojas virtuais, o brasileiro visitou cerca de oito canais diferentes para fazer compras ao longo de todo o ano, aproveitando as redes sociais para se informar e compartilhar informações.

Com isso, percebemos que os consumidores no Brasil estão cada vez mais presentes na internet buscando referências.

Mas, para atingi-los da melhor forma, é preciso que o seu negócio também esteja lá, levando conteúdos e bons benefícios à audiência. Caso contrário, as pessoas nunca saberão da existência do seu empreendimento que, por sinal, já é online.

Além desse dado que te mostramos logo acima e que revela que as pessoas estão no ambiente online à procura de informações, existem outros benefícios que um marketing digital bem trabalhado pode trazer para o seu e-commerce.

Neste conteúdo você vai ver:

O que é o Marketing Digital? 

Antes de prosseguir com as vantagens do marketing digital para e-commerces, é preciso que você entenda com o que ele trabalha.

De forma geral, o marketing digital tem o objetivo de divulgar um negócio no meio online.

canais de comunicação
Reprodução: Giphy

Basicamente, as suas ações envolvem interação com o público e as estratégias e  meios utilizados são:

  1. redes sociais;
  2. e-mail marketing;
  3. vídeos;
  4. conteúdos para blog;
  5. estratégias de definição de persona;
  6. aquisição e nutrição de leads (potenciais clientes);
  7. funil de vendas (topo, meio e fundo, que são as etapas que a pessoa passa até a compra);
  8. landing page (página para conversão de leads);
  9. Search Engine Optimization (SEO);
  10. Call to action (CTA).

Aqui, a busca é por solucionar as principais dores dos clientes e potenciais clientes de uma marca.

É por meio dessas atividades que uma empresa, principalmente uma loja virtual, começa a se destacar na internet. 

Quando surgiu o Marketing Digital?

A história do marketing digital começou nos anos 90, momento em que a internet passou a ter mais crescimento, o que permitiu que a estratégia que conhecemos hoje ganhasse forças. 

Foi o momento em que surgiram os principais buscadores como o Google, Yahoo e MSN e que outros grandes meios passaram a dar os primeiros sinais, como softwares de comunicação, alguns comércios eletrônicos e e-mail. 

Esse é o período da chamada Web 1.0, em que tudo na internet era voltado para empresas, com conteúdos criados somente por elas.

A Web 1.0 está relacionada ao momento em que a internet surgiu (anos 60) e que traz conteúdos aleatórios sem nenhuma interatividade. Aqui ainda haviam pouquíssimos usuários.

Mas foi nos anos 2000 que o marketing digital teve o seu “boom”, quando as redes sociais e o Google passaram a ganhar ainda mais espaço.

Esse é o momento marcado também pela Web 2.0, também conhecida como web participativa.

É a partir daí que vemos a evolução da comunicação na web, com os blogs, chats e redes sociais. Os conteúdos, então, passam a ser produzidos pelos próprios usuários e a internet se populariza de vez.

Mas, também não podemos esquecer da era da Web 3.0, a que nos encontramos hoje. 

É aqui que a internet atinge altos patamares, com a concentração de informações de maneira organizada, alta velocidade e compartilhamento, além da conexão móvel 24h por dia, 7 dias por semana.

diversas ações que podem ser feitas pelo celular
Reprodução: Giphy

6 boas vantagens do Marketing Digital para e-commerces

Estar na internet, realizando ações de marketing realmente eficientes, é algo que traz excelentes benefícios aos e-commerces.

Esses benefícios envolvem:

1- Viralização dos conteúdos + alcance maior

Na internet, o compartilhamento é mais fácil e rápido. FATO!

Se um conteúdo é de qualidade e faz parte da realidade do público que pretende atingir, essa ação de compartilhamento é garantida, possibilitando uma viralização daquilo que a sua empresa tem disponibilizado. 

Com isso, a probabilidade de mais pessoas serem atingidas pelo conteúdo viralizado se torna maior, permitindo que o seu e-commerce alcance públicos diferenciados.

2- Engajamento

Com a mensagem e o conteúdo correto, a chance do público interagir é maior, aumentando o engajamento que a audiência cria com a marca.

Para e-commerces, ter boas postagens nas redes sociais e conteúdos completos no blog é essencial para que as pessoas se identifiquem e descubram nesses espaços, soluções para as suas dores.

Isso incentiva ainda mais a interação e comunicação entre o público-alvo e a empresa.

3- Confiança + fortalecimento da marca

A confiança é essencial para um bom relacionamento com a audiência, pois auxilia na tomada de decisão dos consumidores.

Ao apostar no marketing digital para a sua empresa, criando conteúdos de qualidade com uma comunicação assertiva, a audiência passará a ter mais confiança, pois vê uma empresa que está presente na internet e busca uma comunicação direta com os consumidores.

Além disso, o fortalecimento da marca no mercado acontece, uma vez que traz credibilidade e uma divulgação positiva do negócio.

4- Conhecimento do público

Quando você trabalha com ações de marketing digital, a identificação do público que interage com os seus conteúdos é mais fácil, permitindo que você conheça as pessoas realmente interessadas no seu negócio.

Às vezes, você pode imaginar que o seu público é um, quando na verdade é outro completamente diferente.

Ao ter conhecimento disso, a comunicação e as ações de marketing são direcionadas corretamente para conversar com as pessoas certas.

O marketing digital trabalha com dados! Precisos, detalhados e assertivos.

5- Identificação de problemas

Além de reconhecer a audiência interessada no seu negócio, por meio das ações do marketing digital, principalmente pelos canais que geram interação, é possível identificar também as falhas que o e-commerce pode estar apresentando ao público.

A partir disso, você consegue reconhecer quais são esses problemas e, assim, buscar soluções rápidas e eficientes.

6- Mensuração de resultados

O marketing digital te permite mensurar os resultados das ações realizadas por meio de inúmeras ferramentas, com dados completos e acesso rápido.

Esse é um diferencial importante que permite à você, lojista, detectar o comportamento dos seus consumidores, as ações que possuem melhores resultados e os conteúdos mais visualizados.

Cabe a você recolher essas informações, identificar o que está ou não funcionando para, assim, criar estratégias que sejam eficientes e tragam resultados positivos. 

Principais estratégias de Marketing Digital para lojas virtuais

Inbound Marketing

O Inbound Marketing, também conhecido como Marketing de Atração, é uma metodologia do marketing digital que se desenvolveu com o objetivo de posicionar as marcas como autoridades no mercado, atraindo o público por meio de conteúdos. 

No Inbound são fortemente utilizados conteúdos em blogs, e-mail marketing, redes sociais e pop-ups. 

Marketing de Conteúdo

Com o objetivo de oferecer as melhores soluções para os leitores/consumidores e posicionar uma marca no mercado, o Marketing de Conteúdo trabalha com a produção de informações relevantes e de qualidade, para atrair, converter e encantar.

A forma mais eficaz de trabalhar essa estratégia é pelo blog, um canal para comunicação que te permite criar conteúdos e ser encontrado nos buscadores, quando o SEO é bem trabalhado.

Outra forma de oferecer conteúdos de qualidade aos potenciais consumidores é pelos chamados materiais ricos que podem ter diversos formatos: e-book, quiz, infográfico, guia e playlist.

SEO (Search Engine Optimization)

O Search Engine Optimization (SEO) ou otimização para mecanismos de busca, consiste em técnicas que permitem otimizar as páginas do seu site ou blog para adquirirem as melhores posições nos buscadores, como o Google.

Essa otimização visa oferecer o melhor conteúdo e a melhor experiência aos leitores. 

Entre as técnicas do SEO podemos destacar:

  • uso de palavras-chave;
  • link interno e link building;
  • uso de imagens e vídeos;
  • conteúdo bem estruturado;
  • informações relevantes e de qualidade;
  • títulos chamativos;
  • meta-descrição;
  • CTA’s;
  • entre outros.

Redes sociais

As redes sociais são o canal perfeito para se comunicar com as pessoas, gerar influência e engajar com o público. Esses são os seus principais objetivos.

É por isso que estar nesses espaços como Facebook, Instagram, LinkedIn e tantas outras redes, se tornou essencial.

Afinal, com esses canais você consegue, ao ter uma estratégia bem planejada, promover a marca e ações do empreendimento, divulgar conteúdos e se relacionar com o público-alvo.

É por meio das redes sociais que a interação acontece, permitindo que as pessoas conheçam mais sobre a sua empresa, seus valores e as experiências de outros consumidores.

Estratégias e cuidados nas redes sociais:

  1. Tenha objetivos e metas estabelecidos;
  2. Descubra quais redes combinam mais com o seu negócio;
  3. Crie os perfis;
  4. Faça o benchmarking (análise das ações dos concorrentes);
  5. Elabore um cronograma e defina os conteúdos;
  6. Atente-se à linguagem utilizada para conversar com o público;
  7. Pense na humanização do conteúdo;
  8. Entregue valor;
  9. Faça análises e aprenda com os resultados. 

E-mail marketing

Uma estratégia eficiente para fins comerciais e de nutrição dos leads, o e-mail marketing é mais uma ação de marketing digital necessária para e-commerces.

Você pode utilizar o e-mail marketing para trabalhar o fortalecimento da marca, vender, fazer comunicações e entregar conteúdos de valor aos leads adquiridos e interessados no seu produto/serviço.

O legal dessa estratégia é que você pode aplicá-la direcionando os assuntos para grupos de pessoas certos, a chamada segmentação. Em outras palavras, ela consiste na coleta de dados de uma conversão de visitante para lead, oportunidade ou cliente na Landing Page (LP).

Ou seja, se o seu e-commerce vende acessórios, mas uma parcela dos seus leads tem interesse exclusivo em brincos, você pode enviar um e-mail segmentado com boas promoções desses produtos apenas para esse grupo.

Estratégias assim tendem a ser completamente eficientes, permitindo respostas positivas dos clientes e boas taxas de abertura e cliques. 

Os tipos de e-mail marketing que podem ser trabalhados no e-commerce:

  1. newsletter, com novidades sobre a marca e o mercado;
  2. informacional, com conteúdos relevantes;
  3. nutrição, para preparar os leads para a compra;
  4. educacional, resolvendo uma dor do consumidor;
  5. transacional, a partir de uma ação como cadastro, compra realizada ou pedido entregue.

Landing page

Conhecidas como páginas de captura e conversão de leads, as Landing Pages, (LP’s) são fundamentais para que você tenha uma base de potenciais consumidores do seu negócio.

O ideal é que você ofereça na landing page algo que gere valor às pessoas, como um material rico ou um cupom de desconto.

A ideia é, justamente, fazer uma oferta relevante em troca das informações de contato para a sua base.

Pop-up

Os pop-ups são janelas que “saltam” na tela de navegação do usuário para oferecer algo de valor ou lembrá-lo de determinada ação.

Essa se tornou uma estratégia muito eficaz em e-commerces para a aquisição de leads e oferta de benefícios.

Você pode apostar no pop-up para:

  1. assinatura de newsletter;
  2. oferta de conteúdo, como material rico;
  3. descontos;
  4. lembrete de carrinho abandonado.

Nessa estratégia, você só precisa ter cuidado com a quantidade de pop-ups, linguagem e contexto. A ideia é aumentar as chances de conversão e não fazer com que o potencial consumidor saia da sua loja. Por isso, pense sempre na experiência de navegação.

Mídia paga

Para que os seus conteúdos ganhem mais destaque e cheguem ao público certo, apostar em mídia paga pode ser uma boa solução.

Você pode apostar na mídia paga para motores de busca como o Google Ads, que permite fazer com que o seu site e conteúdo apareçam na primeira posição do buscador.

Além disso, a estratégia também pode ser feita nas redes sociais, como Facebook, Instagram e LinkedIn Ads, o que possibilita um maior alcance das publicações e mais engajamento com o público.

Como fazer um planejamento de marketing digital para seu e-commerce? 

  1. Defina os objetivos
  2. Determine as metas;
  3. Entenda o mercado que está inserido;
  4. Identifique a persona;
  5. Estipule as estratégias (redes sociais, blog, vídeo, e-mail…);
  6. Estabeleça a linguagem e os conteúdos ideais;
  7. Crie um cronograma;
  8. Distribua as tarefas e oriente a equipe para seguirem no mesmo caminho;
  9. Defina como será o monitoramento dos resultados;
  10.  Esteja preparado para crises;
  11. Retire insights positivos e negativos para melhorar o desempenho. 

Ferramentas importantes no Marketing Digital

RD Station Marketing

A ferramenta traz um compilado de funções que ajudam automatizar as ações de marketing digital do seu negócio.

Permite a criação de landing pages, pop-ups, e-mail marketing com variedade de modelos, automação, gestão de contato e diversas outras funcionalidades.

Oferece teste gratuito e duas opções de plano para o cliente. 

mLabs

A mLabs é destinada ao gerenciamento de redes sociais. Com ela você consegue fazer agendamento de publicações, acompanhar o desempenho, gerar relatórios, responder mensagens privadas e gerenciar tudo de forma fácil e intuitiva.

A ferramenta apresenta custo baixo e também oferece teste grátis.

WordPress

O WordPress é uma ferramenta gratuita e ideal para a criação de sites e blogs. Oferece diversos designs e temas personalizados, além de um gerenciamento fácil e seguro.

Apesar de ser gratuita, a ferramenta disponibiliza opções de crescimento com planos para sites de uso pessoal, freelance, pequenos negócios e e-commerce.

Trello

Totalmente gratuito, o Trello tem o objetivo de te ajudar a organizar e priorizar os seus projetos e atividades, de forma intuitiva e divertida.

A partir de quadros, listas e cartões, você pode utilizar o aplicativo para organização pessoal ou em equipe, permitindo que todos tenham uma visão ampla do andamento das atividades.

Ubersuggest

Essa também é uma ferramenta totalmente gratuita e foi desenvolvida por um dos maiores influenciadores do mundo em marketing online, Neil Patel.

O Ubersuggest te ajuda muito quando o assunto é SEO e estratégias de conteúdo, pois permite que você: consulte o volume de busca de palavras-chave; analise as principais páginas na busca orgânica e tenha novas ideias de palavras e conteúdos. 

Hotjar

O Hotjar é uma ferramenta eficiente que te permite entender os usuários do seu site. Ao instalar, é possível identificar, por meio de uma gravação da tela, como as pessoas se comportam ao entrarem em seu e-commerce ou blog.

Você consegue ver onde os usuários mais clicam, se algum banner não está sendo efetivo, o comportamento de rolagem e quais são os problemas de usabilidade.

A ferramenta oferece teste grátis.

Google

O Google oferece diversas ferramentas essenciais para as estratégias de marketing digital.

Uma delas é o PageSpeed Insights, que permite identificar a velocidade do seu site no desktop e mobile, e quais melhorias podem ser feitas. 

Outra ferramenta é o KeyWord Planner, o planejador do Google que te ajuda a identificar as melhores palavras-chave para os seus conteúdos e anúncios.

O Google Search Console possibilita analisar, por meio de relatórios, como anda o tráfego do seu site e o desempenho das páginas no buscador.

Já o Google Analytics é a ferramenta indispensável para analisar os resultados do seu site, vendas e anúncios, com dados completos e, até mesmo, em tempo real. Você só precisa configurar corretamente para ter as informações certas. 

Todas essas ferramentas do Google são gratuitas. 

ferramentas de análise
Reprodução: Giphy

Você está divulgando a sua marca corretamente?

Essa é uma pergunta que muitos empreendedores fazem para si mesmos. E nós podemos te ajudar com a resposta!

Preparamos um quiz totalmente gratuito para você fazer e descobrir se a divulgação da sua marca está no caminho certo. Clique no botão abaixo para fazer!

FAZER QUIZ
 

Esse conteúdo te ajudou? Deixe a sua opinião nos comentários!

Deixar um comentário