Marketing nas redes sociais: como criar uma comunicação eficiente que dê resultados em cada mídia social

Para a sua marca crescer e conseguir bons resultados, é preciso conhecer o  Marketing nas redes sociais, ferramenta fundamental para sua estratégia. Um segmento que só tende a crescer, saber as particularidades e diferenças de cada mídia social pode  potencializar o relacionamento com os seus clientes

 

O Brasil é o país mais conectado nas mídias sociais da América Latina e o segundo no mundo, com tempo gasto de 225 minutos por dia, atrás apenas das Filipinas, com 241 minutos, de acordo com a empresa de pesquisa GlobalWebIndex.

Ainda, segundo estudo da comScore, cerca de 121 milhões de brasileiros estão conectados na internet, e destes, 88% (o equivalente a 114 milhões) acessam redes sociais uma vez por mês.

E sem mencionar que a predominância do celular como principal instrumento de acesso a essas redes é superior a 68 milhões de pessoas.

Não vai me dizer que a sua empresa ainda não utiliza esses meios para construir uma comunicação com os seus potenciais clientes?

Aliás, já passou da hora.

Entretanto, como saber qual é a melhor rede para o meu negócio? Quais táticas realmente funcionam? E se realmente vale a pena investir nesse segmento?

Para responder suas dúvidas, separamos conteúdos práticos e características das 5 principais redes sociais usadas no Brasil.

Dessa forma, você poderá analisar e testar tudo na sua empresa com mais facilidade, além de poder colher resultados para o seu negócio.

Neste texto, você vai encontrar:

Quer descobrir mais sobre essa estratégia? Continue a leitura abaixo.

 

O que é Marketing nas redes sociais

O Marketing nas redes sociais é basicamente uma estratégia que utiliza as mídias sociais como principais ferramentas de comunicação, promoção da marca e divulgação de produtos e serviços.

As mídias sociais se tornaram tão presentes em nossas vidas que, atualmente, realizam a função de transmitir informações, criar novos relacionamentos além, claro, de ser uma ferramenta essencial no Marketing Digital.

Mas,  para você ter ideia, vai muito além disso. Hoje, o encontro entre marca e seus consumidores acontece nas redes sociais. 

Por meio delas, é possível gerar novos negócios, ficar mais próximo da audiência, se relacionar com o público e atender suas necessidades.

Elas são também excelentes ferramentas para você acompanhar os seus concorrentes e entender como o mercado se movimenta, seja no seu nicho ou segmento.

Mas qual seria o ranking das redes sociais segundo o gostinho do brasileiro?

Bem, como aponta o relatório Digital in 2019, produzido pela We are Social, em parceria com a Hootsuite, as 10 redes sociais mais usadas no Brasil, em ordem crescente, são:

  1. Youtube
  2. Facebook
  3. WhatsApp
  4. Instagram
  5. Facebook Messenger
  6. Twitter
  7. Linkedin
  8. Pinterest
  9. Skype
  10. Snapchat

Agora, pergunte para si mesmo: destas, quais redes sociais a sua empresa está presente?

Vale a pena investir no Marketing nas redes sociais?

Sem sombra de dúvida, vale muito o investimento em Marketing nas redes sociais, pois se bem aplicada a estratégia, traz muito retorno.

Como você viu, são milhares de brasileiros ativos nas redes sociais diariamente. E a tendência é que isso continue crescendo.

Portanto, não se engane que apenas a sua presença no meio online irá destacar a sua empresa das demais. 

É extremamente importante definir estrategicamente em quais delas você precisa estar e atuar de forma eficiente, sempre de olho nas métricas e dados.

banner quiz sobre marketing digital

 

Como funciona o Marketing nas redes sociais

Se você deseja que a sua marca seja vista e reconhecida pelo seu público, já deve saber que o caminho para expandir a sua visibilidade é por meio das mídias sociais.

Veja abaixo os principais motivos para criar contas profissionais nas redes sociais:

1. Sua marca ganha visibilidade do público

Um dos grandes objetivos no Marketing Digital é fazer com que usuários se conectem e reconheçam a sua marca, de forma simples e rápida.

Claro que, para atingir esse patamar, há um profundo estudo de mercado, posicionamento de marca, comunicação, definição de nicho de atuação e muitas análises. 

Além da criação de uma Identidade Visual forte e um branding marcante.

Mas de qualquer forma, as redes sociais carregam grande potencial nas marcas que desejam estar presentes.

Portanto, é bom frisar que o algoritmo das mídias sociais funcionam na base de interações com o público. 

Logo, quanto mais o seu conteúdo atingir as pessoas certas, mais chances sua marca terá de obter compartilhamentos, curtidas, interações, estabelecendo, assim, impressões positivas e uma maior visibilidade acerca da sua empresa.

2. Gera engajamento

Como vimos, as redes sociais usam como fator de ranqueamento o engajamento, ou seja, as postagens mais exibidas aos usuários são de marcas e pessoas que eles mais interagem. 

Por isso, para que os seus clientes te vejam, se relacionem e confiem na sua marca, é preciso engajar

É considerado como engajamento nas mídias sociais: curtidas, comentários, compartilhamentos, marcações de usuários e salvamento de publicações. 

Dessa forma, interaja com o seu público, elabore conteúdos de valor, responda os comentários e crie um relacionamento de proximidade com a sua audiência.

O simples fato de você responder um direct no Instagram ou uma mensagem no Facebook, já cria engajamento e fortalece a comunicação. 

Imagine você como cliente: qual seria a sensação de ver a sua dúvida sendo respondida prontamente pela marca?

Você iria se sentir especial e sem dúvidas, voltaria a visitar o perfil ou a página daquela empresa.

É isso que cria um elo de confiança e credibilidade, um dos principais objetivos do Marketing nas redes sociais!

3. Redes sociais são fonte de tráfego

Deseja aumentar o tráfego do seu blog ou site? 

As redes sociais permitem direcionar o tráfego para esses fins, por meio de Landing Pages (LP), compartilhamento de artigos do blog e divulgação de produtos do e-commerce.

Outra forma de gerar tráfego e interação com o seu público é realizar sorteios.

Além de fortalecer sua estratégia de Marketing de Conteúdo, os sorteios geram engajamento, curtidas e compartilhamentos, desde que você use corretamente esse método.

Você também pode inserir links que direcionem para uma determinada página na descrição do seu perfil profissional.

 

Saiba como elaborar uma boa estratégia de Marketing nas redes sociais

Para aproveitar todo o potencial que as redes sociais oferecem, é preciso criar uma boa estratégia, planejamento, produzir conteúdos e analisar o que está dando certo ou não.

Infelizmente, muitas empresas ainda não compreendem o potencial desses canais, o que gera aquela falsa sensação de que não trazem retorno.

Enquanto empresas que usam e sabem do poder que as redes sociais possuem, saem na frente (e geram muito mais vendas).

Mas antes de começar a criar conteúdos e sair postando por aí, é preciso moldar um plano estratégico e definir objetivos nesse primeiro momento.

Comece com uma pergunta, por exemplo: qual vai ser o foco das suas redes sociais? Em qual rede social irei engajar determinado conteúdo?

Outro ponto muito importante é acompanhar as métricas, já que elas irão guiar a sua estratégia. Portanto, o caminho seria assim:

  • Crie uma estratégia
  • Defina um caminho
  • Determine as KPIs
  • Otimize o seu perfil profissional

Um exemplo que utilizamos aqui na Mango é aumentar a percepção do público com a marca, entregando conteúdo de valor, como no VIPJUS:

print de post do vipjus

Ou seja, ao invés de apenas falarmos do produto em si, trazemos conteúdos que podem auxiliar o seu público gerando valor. 

Assim como no Instagram da Agência Mango, você encontra esse estilo de conteúdo, com dicas e informações relevantes para a área de nossos clientes.

print de rede social da agencia mango

Já outras empresas, utilizam esse canal justamente para mostrar os seus produtos e gerar vendas, como a MBastos:

print de rede social mbastos

Assim, conhecer as necessidades do seu público facilita no processo de direcionamento em suas redes sociais.

Na sequência, é preciso colocar todos aqueles objetivos escritos no papel, durante a etapa de planejamento, em prática e medí-los por meio das KPIs, Key performance Indicator ou indicador-chave de desempenho.

Por exemplo: se a sua meta é gerar vendas, se atente ao número de leads gerados pelas redes sociais. 

Já se o seu objetivo é aumentar a percepção de marca, olhe o número de menções e o alcance das sua publicações.

Depois de estabelecido o objetivo, você precisa seguir 10 elementos estratégicos, tais como:

  1. Regularidade de postagens, pois mostra que sua marca é confiável e organizada, e sempre está presente de forma constante.
  2. Autenticidade no conteúdo, já que o público percebe quando uma publicação não é original. Seja autêntico com o tom e voz da sua marca.
  3. Comportamento adequado é essencial. Sabemos que as redes sociais são informais, mas qualquer deslize pode ser fatal à sua empresa.
  4. Retargeting é muito importante ao mostrar anúncios específicos para pessoas que já tiveram contato com a sua empresa, assim, ela voltará após ver um anúncio atraente e finaliza a compra.
  5. Direcionamento de tráfego para a sua loja virtual ou blog, ao compartilhar posts com links e LPs, além de sorteio, são as formas mais comuns.
  6. Engajamento, com certeza, é o que faz as pessoas se sentirem motivadas a continuar seguindo seus conselhos ou recomendações.
  7. Crescimento orgânico é baseado em processos definidos de conteúdo de valor e engajamento. 
  8. Plano de crise é essencial para momentos delicados, como um deslize ou mesmo um surgimento de uma pandemia (2020 acabou de provar isso). É sempre bom estar preparado para futuros danos. 
  9. Equipe profissional com especialista na área de mídia social e designer para fazer um bom trabalho, e não deixar qualquer pessoa gerir esses canais.
  10. KPIs bem definidos já que são eles os responsáveis por mostrar a eficácia de sua estratégia. Sem eles, você não acompanha o que está dando certo e é capaz de cometer o mesmo erro duas vezes.

Além disso, é preciso entender também que cada rede social possui suas próprias particularidades, sendo assim, a forma de relacionar com o seu público no Facebook vai ser diferente no Twitter.

banner do e-book sobre redução de impactos do coronavirus no e-commerce

 

Principais redes sociais e suas boas práticas de engajamento

Estamos no país onde passamos em média 3h34 conectados nas redes sociais por dia!
E no Marketing Digital, o uso desses canais são extremamente importantes para atingir o público-alvo. Conheça abaixo, tudo o que você precisa saber das 5 mais importantes redes sociais no Brasil e suas vantagens:

1. Facebook

Apesar do Facebook ter perdido um pouco sua presença no nosso dia a dia, ainda é, disparado, a rede com maior número de usuários no mundo!

Pode ter 100% certeza que o seu público estará lá, independente de quem ele seja. 

Lá você consegue criar páginas empresariais, anúncios pagos segmentados (Facebook Ads) e permite um engajamento e contato direto com os seus clientes.

Use o Facebook para gerar negócios, ao seguir essas práticas:

  • adicione uma boa foto de perfil e capa, de preferência com a logo da sua empresa;
  • complete o seu perfil com todas as informações importantes como: endereço, descrição, missão, telefone e e-mail;
  • planeje o conteúdo que deseja divulgar e defina o tom de voz em suas publicações;
  • promova sua página e posts;
  • analise e mensure os resultados, mas não focando somente em curtidas e compartilhamentos.

Uma grande vantagem do Facebook é permitir o uso de vários tipos de conteúdos, desde imagens, gifs, vídeos, artigos, checklists e até promover materiais ricos como quiz ou e-books. 

Mas antes, certifique se eles são mobile friendly, já que a maioria das pessoas usam a rede social por meio do smartphone.

Lembre-se sempre de criar conteúdo baseado em sua persona e em suas necessidades. 

O recomendável também é nunca deixar o seu público sem respostas. Sempre que puder, responda todos os comentários da página e no Messenger. 

Caso não tenha tempo, como sugestão, deixe uma mensagem automática, para depois, responder a dúvida com calma.

Uma outra dica é estudar os melhores horários de publicação por meio do Facebook Insights. Lá você tem acesso aos picos de acesso da sua página e consegue analisar o melhor período para publicação.

2. Instagram

O Instagram é uma das redes sociais que mais cresce atualmente e se tornou a queridinha do mercado digital, já que gera muito engajamento. 

Para você ter ideia, o Instagram bateu o recorde de 1 bilhão de usuários ativos em março, se firmando como uma das plataformas digitais mais populares do mundo.

É extremamente fácil de usar, pois o foco dessa rede social é a imagem. 

Mas, deve-se levar em conta que é uma rede criada apenas para celulares, já que no computador, sua visualização é ainda bastante limitada.

O Instagram é muito bom para negócios, mas é preciso se atentar que a maioria do público que utiliza essa mídia é mais jovem, com idade média entre 18 a 35 anos. 

Portanto, crie agora mesmo uma conta profissional ou perfil comercial, caso ainda não tenha. Você irá precisar:

  1. Adicionar um nome, que pode ser da marca ou empresa
  2. Fazer upload de uma imagem de perfil
  3. Escrever uma descrição objetiva e criativa
  4. Incluir links de direcionamento

Além disso, assim como o Facebook Insights, a rede social disponibiliza uma série de vantagens e recursos por meio da conta profissional, tais como:

  • acompanhamento de crescimento do seu perfil, a contar pelo número de visitas, cliques no link da descrição e Stories, alcance, impressões e ainda a quantidade de interações por dia da semana;
  • análise do perfil comportamental dos seus seguidores, com base em dados de localização, faixa etária e gênero;
  • definição dos melhores horários e dias da semana de postagem, a partir de picos de acesso e interação;
  • para e-commerces, você consegue marcar os produtos nas publicações, facilitando o acesso do público ao site da sua loja com apenas um clique;
  • após conquistar 10 mil seguidores, é possível inserir URLs nos stories.

Mas, para tudo isso funcionar e gerar vendas, você deve conhecer o seu público-alvo, traçar o perfil do seu cliente ideal (persona) e definir bem os seus objetivos.

Dessa forma, você evita cair na mesmice ao criar um planejamento consistente com conteúdos de valor para o Instagram e demais redes sociais.

Isso vai guiar o posicionamento da sua marca e fortalecer a sua identidade bem como os conteúdos produzidos para feed, stories e IGTV. 

E, assim, você poderá também gerar tráfego pago por meio do Instagram Ads e segmentar o público destinado a receber essas publicações.

Uma outra dica valiosa é que fotos com pessoas tendem a gerar até 35% mais de engajamento. Portanto, evite utilizar sempre o mesmo layout nos posts e tente se aproximar ao máximo do seu público.

Lembre-se que no Instagram, a venda é consequência. As estratégias de marketing nessa rede social é focada no relacionamento e interação com os clientes.

3. LinkedIn

O LinkedIn é a maior rede profissional do mundo. Um espaço voltado totalmente  para esse viés corporativo, contendo dados de empresas e profissionais.

E, atualmente, conta com mais de 570 milhões de usuários ativos no mundo. 

No Marketing nas redes sociais, o LinkedIn é fundamental para fazer negócios, promover sua empresa/marca e se posicionar como autoridade no mercado.

Ainda mais se sua empresa é B2B (business-to-business), ou seja, quando o comércio é entre empresas, você deve marcar presença nessa mídia social.

Algo importante também do LinkedIn é a quantidade de informações úteis que você consegue ter acesso, como o tempo que as pessoas trabalham em um lugar ou sua formação.

Para tanto, o LinkedIn atua basicamente como uma rede de networking, aceitando apenas conteúdos que tratam a respeito do mundo empresarial.

E a grande sacada desta rede é saber o que está sendo falado pela sua rede e ouvir o que a sua audiência está falando.

Portanto, use o Linkedin para:

  • se conectar com outros profissionais e se posicionar com autoridade no seu segmento, vinculando essa qualidade à sua empresa;
  • encontrar informações e inúmeros artigos de qualidade. Dessa forma, por estar na rede, você “ouve” o que sua audiência quer e produz conteúdo para ajudá-los;
  • por ser uma rede de networking, é possível encontrar oportunidades de trabalho e também, encontrar seu futuro colaborador na rede;
  • conectar-se com empresas e marcas do seu segmento.

Basicamente, o seu perfil deve conter todos os dados importantes da empresa, assim como imagem de perfil e capa correspondentes com o seu negócio.

Uma ferramenta muito importante na rede é o Linkedin Pulse, uma proposta super interessante que permite a demonstração do seu conhecimento profissional e que agregue valor a outros profissionais.

Assim, quando você escreve, sua base recebe uma notificação.

E você não precisa escrever somentes artigos escritos, mas também compartilhar posts blogs, materiais ricos ou e-books.

Portanto, escreva para ganhar autoridade e seguidores. Se você é CEO da sua empresa, faça esse link, para que não só você, mas o seu negócio também se torne referência.

4. Twitter

Famosa rede social com a limitação de caracteres (que hoje é de 280), o Twitter é caracterizado pela velocidade das informações.

Ela se popularizou quando o assunto trata de memes, política, futebol ou qualquer live que surge durante semana.

No Brasil, a rede social caiu um pouco, mas é ainda muito usada por influenciadores, veículos de mídia, formadores de opinião, entre outros.

Mas e para negócios? O Twitter é ideal para ser usado na minha empresa?

O Twitter é capaz de gerar insights interessantes, já que promove engajamento e conversões.

Sem falar que a rede é ideal para servir com um canal de atendimento. Em uma era em que prioriza a experiência do cliente, oferecer contato qualificado gera grande impacto positivo no relacionamento com o seu público.

Antes de tudo, para começar o Marketing no Twitter, é preciso criar um perfil completo, que deve conter as premissas básicas, como nome, foto, capa, imagem de background e bio (descrição de perfil).

E para conseguir mais seguidores e conhecer o seu público, é preciso seguir algumas dicas como:

  • seguir outras empresas e pessoas do seu segmento, e retweet/favorite seus tweets;
  • analisar sua audiência;
  • responder as menções e mensagens que receber do seu público. A dica aqui é usar a criatividade;
  • verificar os assuntos que os seus concorrentes estão falando para ter ideia do que compartilhar;
  • publicar imagens e vídeos (gifs caem muito bem nessa rede social);
  • fazer perguntas e criar enquetes;
  • não focar em vendas aqui, mas sim na geração de valor e na construção de uma relacionamento com o seu público.

Assim como todas as redes sociais anteriores, o Twitter também disponibiliza meios para conseguir tráfego pago ao seu perfil, por meio do Twitter Ads.

Os tweets pagos podem funcionar de três maneiras, sendo que cada uma tem sua função específica:

1- Tweets promovidos é usado quando o objetivo é promover um tweet, trazer tráfego para determinado link, oferecer promoções ou cupons, gerar leads ou atrair atenção para sua marca.

2- Caso você queira aumentar o número de seguidores, use a função de contas promovidas.

3- Já para aproveitar aquele trend (assunto) do momento e aumentar o engajamento e visibilidade da sua conta, opte por usar assuntos promovidos.

5. Youtube

O Youtube é a segunda maior rede de pesquisa do mundo! 

Isso mesmo, perde apenas para o Google, com os seus dois bilhões de usuários ativos. 

Quem nunca aqui entrou direto no Youtube para pesquisar alguma receita ou os famosos DIY (do it yourself), faça você mesmo para aprender algo novo?

Dessa maneira, o Marketing no Youtube é a oportunidade perfeita para aproveitar a grande audiência da plataforma, assim como aumentar a visibilidade da sua empresa, intensificar a relação com o seu público e gerar novas conversões.

Assim, listamos abaixo as melhores estratégias que devem ser seguidas para que o seu negócio cresça nessa rede:

  1. Produza conteúdo relevante
  2. Engaje a sua audiência
  3. Divulgue os seus vídeos do Youtube em outros meios, como blogs, sites, e-mail marketing, LPs, mídias pagas, entre outros.
  4. Otimize os seus vídeos segundo o SEO (Search Engine Optimization), para aparecer nos primeiros resultados da busca
  5. Anuncie em outros canais, por meio do Youtube Ads
  6. Faça parcerias com influenciadores digitais
  7. Monetize o seu canal, fazendo do seu perfil uma fonte de renda

E claro que, para tudo isso funcionar de acordo com o planejamento, é preciso que você entenda o seu público – primordial no Marketing nas redes sociais, para criar conteúdos que eles desejem ver no seu canal.

Defina bem os seus objetivos, pois a criação de um canal no Youtube pode ter várias funções, como gerar tráfego para o seu site, incentivar a venda de determinado produto ou mesmo aumentar o engajamento.

Não se esqueça de criar um roteiro antes de sair gravando vídeos. O roteiro deve conter um pequeno resumo do vídeo, previsão de duração e a sequência de imagens e falas que irão compor a história.

E mais importante que produzir os vídeos e reservar um bom tempo para edição, é também determinar a frequência de publicação.

Não adianta nada começar com toda aquela empolgação para abandonar o projeto mais para frente. 

De preferência, as publicações devem ter frequência constante para assim, o seu público conseguir acompanhar o seu canal, mantendo-se fiel à sua produção.

Além do uso de SEO nos vídeos, é possível optar pela publicidade paga com o Youtube Ads.

Para usá-lo, basta ter uma conta vinculada ao Google Ads para acompanhar de lá, suas campanhas e os locais de exibição do anúncio.

Lembre-se que é importante sempre ficar de olho no desempenho do canal e dos vídeos para saber se está no caminho certo e quais pontos devem ser melhorados. Para ter esse panorama geral, é simples. Vá até o link youtube.com/analytics e veja as principais métricas do mês anterior.

 

Viu como é importante ter a sua marca presente nas principais redes sociais da internet? É por lá que você encontra uma infinidade de oportunidades para crescer e conhecer o seu público mais de perto.

Gostou do artigo? Não deixe de compartilhar com amigos e comentar sua opinião!

Deixar um comentário