Como criar um blog para e-commerce? Dicas essenciais para o sucesso!

O blog é um canal de comunicação que funciona como um diário eletrônico e começou a ser utilizado para uso pessoal. Com o tempo, passou a ser adquirido por empresas e se tornou uma ferramenta necessária para o marketing de conteúdo. Saiba mais sobre como criar um blog para o seu e-commerce

 

Dentro do marketing de conteúdo, uma forte estratégia do marketing digital, temos o blog como principal canal de compartilhamento de informações com o público-alvo de uma empresa. 

E é sobre esse canal que falaremos neste texto. Continue com a gente, descubra mais sobre a importância dessa ferramenta e confira um passo a passo de tudo o que você precisa fazer para criar um blog para o seu e-commerce.

Vamos juntos my friend? (=

Neste texto, você vai ver:

O que é blog?

O palavra blog é uma abreviação do nome original “weblog”. Essa é uma ferramenta de comunicação online extremamente popular que funciona como um diário eletrônico.

As principais características do blog estão relacionadas com a necessidade do canal apresentar atualização regular, de ser público e de conter data nas publicações, o que determina a relevância e a idade do conteúdo.

Basicamente, o blog surgiu para o uso pessoal e, aos poucos, passou a ser incorporado por instituições para educar os clientes, solucionar uma dor, apresentar um novo produto ou também noticiar alguma ação da empresa. 

Desta forma, hoje, o blog se tornou um canal de comunicação com pessoas e potenciais clientes.

Qual a importância do blog para e-commerce?

O blog é um canal de baixo custo que possibilita ao e-commerce se tornar referência no mercado e atrair potenciais clientes de maneira orgânica.

Tudo isso se: os conteúdos produzidos forem de qualidade; o blog for intuitivo e estiver atrelado à loja virtual; houver links internos e para produtos; e as técnicas de SEO forem aplicadas corretamente.

De acordo com a pesquisa Content Trends 2019, desenvolvida pela Rock Content, o canal mais usado para encontrar conteúdos e informações é a busca orgânica no Google (80%). 

Além disso, posts em blogs é o terceiro formato de conteúdo mais consumido (51%).

Isso mostra o impacto positivo que esse meio de comunicação apresenta aos e-commerces, se tornando um caminho para o público-alvo chegar ao seu negócio online.

Mas não é só isso! O blog ainda permite:

  • elevar a quantidade de tráfego para a loja virtual;
  • convencer o leitor e futuro consumidor a comprar de você;
  • ser reconhecido nos buscadores e redes sociais;
  • mostrar a realidade da empresa;
  • aumentar o número de leads e oportunidades;
  • alcançar mais pessoas.

Todas essas são boas vantagens que, quando colocadas no papel, fazem com que você se diferencie do concorrente e ganhe mais destaque na corrida por novos clientes. 

É um diferencial que você precisa ter no seu negócio online!

Como criar um blog?

Falando em aspectos técnicos, você precisa seguir algumas etapas para ter um blog intuitivo e impecável funcionando. Essas etapas são:

1º Definir o domínio

O domínio é o nome, a sequência de caracteres que vai fazer com que as pessoas identifiquem o seu site como: “nomedaempresa.com.br”.

É comum as empresas escolherem para o blog um subdomínio (endereço) dentro do próprio domínio do e-commerce, ficando da seguinte forma: “blog.nomedaempresa.com.br”. Essa é a prática mais comum e recomendada.

exemplo url cliente agência mango
Exemplo: cliente MBastos & CO Joias

Agora, se você deseja ter um blog com outro domínio, é preciso verificar a disponibilidade desse nome, comprá-lo e registrá-lo. 

Você só não pode esquecer de escolher algo que seja fácil de lembrar e que tenha relação com o seu e-commerce.

2º Escolher a plataforma do blog

Existem diversas plataformas para criação de blog disponíveis no mercado, até mesmo gratuitas, como WIX e Blogger.

No entanto, a mais utilizada e recomendada por nós é o WordPress. O sistema é totalmente flexível e permite diversas personalizações, além de possibilitar o desenvolvimento de sites para pequenas empresas e e-commerces.   

3º Determinar a hospedagem

A hospedagem corresponde ao servidor que precisa ser configurado para fazer o seu blog rodar. É o que fará o seu site ficar disponível na internet.

Aqui, é importante que você considere uma hospedagem que atenda todas as suas necessidades, tenha um bom preço e apresenta um suporte de qualidade em caso de problemas.

Existem hospedagens gratuitas das próprias plataformas de criação de blog. Mas também é possível encontrar serviços de hospedagens pagos, com preços interessantes e que podem atender melhor às necessidades do seu negócio como a Hostgator e GoDaddy. 

4º Desenvolver o layout do blog

Pense em um layout intuitivo, simples, atraente e que combine com a proposta do seu e-commerce. Você deve considerar 100% a experiência dos usuários do seu blog! 

É possível encontrar variados templates gratuitos que permitem a customização de acordo com a suas necessidades. 

5º Instalar plugins necessários 

Para garantir um desempenho impecável do blog e uma navegação agradável ao leitor, existem plugins (funcionalidades) que podem ser instalados para ajudar nessa tarefa. 

O Yoast SEO, por exemplo, se tornou um plugin obrigatório por ajudar na otimização das páginas e, consequentemente, contribuir para que os conteúdos tenham as melhores posições nos buscadores. 

Além disso, aqui na agência Mango, utilizamos outros três plugins que melhoram a eficiência do blog:

  • WP Fastest Cache, para armazenar dados em cache e agilizar o carregamento das páginas;
  • EWWW Image Optimizer, para comprimir, otimizar imagens e converter para o formato de última geração (WebP); 
  • Autoptimize para otimizar e minificar o código JavaScript, HTML e CSS, o que garante um melhor desempenho.

Em relação aos posts do blog, para garantir uma leitura dinâmica, interativa e mais fácil ao leitor, utilizamos o plugin MaxButton de criação de botões personalizáveis para linkar com outros conteúdos, além do Giphy, que permite a inserção de gifs de maneira mais rápida. 

Confira nos exemplos abaixo:

MARKETING DIGITAL: O QUE É?

Como criar conteúdos para o blog?

Agora chegou ao momento da criação dos conteúdos. E, para ter um blog relevante, de qualidade e com postagens frequentes, também é preciso seguir alguns passos que apresentaremos abaixo para você!

1º Faça um planejamento

Antes de começar a produzir, é preciso que você crie uma estratégia de conteúdo que deixe bem claro:

    • qual é o objetivo do blog;
    • para quem vai escrever;
    • quais problemas pretende resolver;
    • quantas publicações fará;
    • quais serão os canais de divulgação;
    • como irá manter uma relação com o público.

Um planejamento bem elaborado te ajuda a manter o foco para atingir o objetivo, além de te dar mais clareza na hora de pensar nos conteúdos certos para o público do seu negócio.

2º Entenda bem o público-alvo

Você já sabe qual público precisa atingir, mas é importante que você o conheça muito bem. 

Aqui, você pode analisar os concorrentes para identificar os conteúdos produzidos e que têm sido bem aceitos pelas pessoas.

Também é possível fazer uma pesquisa com os próprios clientes do negócio. A partir das respostas, você consegue fazer o chamado “Mapa da empatia” para compreender bem o perfil e identificar as principais dores dos consumidores.

Confira abaixo um exemplo de mapa da empatia elaborado para um e-commerce de venda de refeições saudáveis. A informações foram retiradas a partir de uma pesquisa feita com os clientes do empreendimento online:

mapa da empatia desenvolvido pela agência mango

Foi possível definir a persona e as principais necessidades, o que ajudou na construção de um cronograma de conteúdo focado em solucionar as dores do público.

3º Crie um cronograma dos conteúdos

Com todas as informações claras sobre o público do seu negócio, fica mais fácil pensar em conteúdos para o blog. Afinal, você já começará com o pé direito, oferecendo aquilo o que as pessoas realmente interessadas no seu e-commerce procuram.

Lembre-se de, ao definir os conteúdos, pesquisar as palavras-chave ideais para cada texto, analisando o volume de busca, a relevância e as primeiras posições nos buscadores para conhecer com quais outros conteúdos irá competir.

Aqui na agência, para organizar melhor os cronogramas de conteúdos para os blogs dos clientes, utilizamos planilhas. Nelas colocamos:

      • o status do conteúdo (a fazer, feito ou atrasado);
      • a data de publicação;
      • o formato;
      • o título do texto;
      • a palavra-chave;
      • a etapa do funil;
      • o nome do responsável pela produção;
      • o andamento da produção;
      • o link do texto já publicado.
modelo de planilha para o cronograma de conteúdos
Exemplo de planilha para organização dos conteúdos de blog

4º Analise constantemente

Não adianta fazer um blog legal se não olhar para os resultados que está gerando. É preciso fazer análises constantes para identificar se o canal está apresentando o desempenho esperado e se o público está interagindo.

Para isso, utilize o Google Analytics e o Google Search Console. Duas ferramentas gratuitas que irão te ajudar nesse momento.

Se os resultados não estão sendo positivos, é necessário verificar o que pode estar dando errado para buscar as melhores soluções e melhorias. Esse é um trabalho contínuo. 

Dicas para o sucesso

      1. Aposte em diferentes formatos de conteúdos como: listas, educativos, novidades, tutoriais do seu produto e cases;
      2. Crie conteúdos de qualidade, que irão agregar valor ao público do negócio;
      3. Pense em títulos chamativos;
      4. Utilize uma linguagem clara, que esteja de acordo com o seu público-alvo;
      5. Mantenha uma consistência de postagens;
      6. Trabalhe com imagens, vídeos, áudios e gifs. A ideia é inovar;
      7. Aplique as estratégias de SEO para manter uma boa posição nos buscadores;
      8. Analise as primeiras posições dos buscadores para saber o que diferenciar e agregar mais ao seu conteúdo;
      9. Faça linkagens internas para outros conteúdos do blog;
      10. Utilize Call to Actions (CTA’s) para incentivar os leitores a realizar alguma ação;
      11. Elabore um texto bem estruturado, com informações conectadas e aplicando as heading tags (H1, H2, H3…);
      12.  Otimize os conteúdos mais antigos para mantê-los sempre atualizados;
      13.  Trabalhe com uma boa divulgação;
      14.  Deixe um espaço para captar leads como formulário para landing page ou assinatura de newsletter;
      15.  Analise, analise e analise. 

Seguindo todos esses passos você estará no caminho certo para ter um blog de sucesso!

E aí, gostou desse conteúdo? Ele te ajudou? Conte para a gente nos comentários! Adoraríamos saber a sua opinião!

Para receber, em primeira mão, mais conteúdos como este, não se esqueça de assinar a nossa newsletter, ok?!

Até a próxima =)

Leia também: Marketing nas redes sociais: como criar uma comunicação eficiente que dê resultados em cada mídia social

Deixar um comentário